Terça Insana ou Escolinha do Professor Requião

Confesso que quando li essa materia pensei, pqp, O Terça Insana, aquele otimo, projeto de (como eles dizem), Comédia de Revista, muito bom por acaso, esta Zoando com o nosso governador e o nosso prefeito. Mas ao continuar lendo a materia, percebi que era o nosso governador que estava promovendo a nossa Terça Insana PR, com o tal projeto “escolinha” de governo (também conhecida como “Terça Insana”).
Um projeto, que começou com uma ideia bem intencionada mas usada da maneira errada (como qualquer projeto da camara), usa algumas vezes o programa para desferir ataques, a inimigos politicos, entre eles o atual prefeito de Curitiba, Beto Richa (PSDB) e a imprensa, mas essa show do governador podem custar caro. Mais precisamente R$650 mil.
Suas contas que antes haviam sido bloqueadas, agora uma liminar suspendeo bloqueio das mesmas, que havia sido determinado para a garantia do pagamento das multas contra ele. Como o governador voltou à carga, o Ministério Público Federal, autor da ação por desvio de finalidade da RTVE requisitou a gravação da penúltima apresentação, que já está em poder da procuradora da República, em Curitiba, Antonia Lelia Neves Sanches.
Requião está impedido por ordem judicial de fazer uso político e pessoal da emissora por uma decisão do TRF desde o início do ano passado. Por conta disso, ele chegou a ser multado em R$ 650 mil pelo desembargador, hoje afastado, Edgard Lippamnn Júnior, por descumprimento de ordem judicial.
Através de uma série de recursos, porém, o governador conseguiu manter o programa no ar, mas continua submetido à proibição, apesar de ignorá-la. A liminar que desbloqueou seus bens e contas bancárias, não derrubou a determinação pelo fim dos ataques.
Mesmo assim, bastou o Fantástico, programa da Rede Globo mostrar imagens de um suposto esquema de caixa dois na campanha de reeleição do prefeito de Curitiba, e o governador voltasse à carga total na “escolinha”. Indiretamente, na mesma “escolinha” o governador fez “elogios” aos aliados do prefeito.
Requião ficou enfurecido com a medida judicial e classificou a atitude como “censura”, tentando chamar a atenção da sociedade civil organizada. O advogado e especialista em TV Pública, Ericson Meister Scorsim, avalia que não houve censura ao governador porque ele não é membro da imprensa, comunicador ou “dono” da emissora. Para ele, o termo “censura” se aplica a esses casos. “O governador não está impedido de dar entrevistas ou se pronunciar em qualquer órgão de imprensa do País, inclusive na RTVE”, disse.
“Não posso criticar o meu próprio governo na TV Educativa”, disse Requião, num dos programas da RTVE. Porém, a Justiça nunca o impediu de criticar seu governo, como acusa o peemedebista. Ao contrário, o TRF proibiu o uso da televisão pública para promoção pessoal, ataques à imprensa, órgãos públicos e adversários políticos.
Ou seja, ainda esta no AR diariamente a Escolinha do Professor Requião

Noticias: http://www.bemparana.com.br/index.php?n=114115&t=terca-insana-volta-a-mira-do-mpf-e-da-justica

Tags: , , , , , , ,

Uma resposta to “Terça Insana ou Escolinha do Professor Requião”

  1. Blog da Zelinha Says:

    a coisa está feia por aí….

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s


%d blogueiros gostam disto: